Category: Guest Post

Lugares incríveis e boa comida vegana em Niterói – GUEST POST

Compartilhar isso

Por: Wis Villefort

1 (1)

Niterói é uma cidade cheia de atrações  (praias, trilhas, museus, eventos), cultura e história, mas  nem os aplicativos vão te ajudar a encontrar um lugar com comida cruelty-free. Ironicamente, foi em Niterói onde me posicionei definitivamente como vegano, então esse guia é baseado nas minhas experiências pessoais e minhas descobertas pela cidade.

Continue reading

GUEST POST: As 5 maravilhas veganas de Rishikesh na Índia

Compartilhar isso

Escrito por Giselle Oli

Rishikesh é uma cidade pequenina que fica no estado de Uttaranachal, no norte da Índia. Conhecida como a capital mundial do Yoga e recebe milhares de turistas por ano para estudar e banhar-se no sagrado rio Ganges.

Eu tive uma experiência muito positiva com a comida,confesso que gosto de comida indiana e de pimenta. E por ser uma cidade turística, existem restaurantes para ocidentais com menos tempero, facilitando a vida de todos. Há opções veganas mais lights, como por exemplo: saladas e sopas. E opções mais calóricas como massas, pizzas, batata-fritas, etc. Mas na minha opinião, acho válido experimentar as opções veganas indianas, até mesmo aquelas bem apimentadas. Faz parte da experiência neste lugar sagrado. Então, vamos para as cinco dicas: Continue reading

Guest Post: Turismo e comida vegetariana em Ilhabela

Compartilhar isso

Observação do Veg Por Aí: Este é um guest post. É preciso verificar antes se as opções descritas são veganas ou ovolactovegetarianas. Entre em contato com o estabelecimento.

Turismo e Comida
Por Nicole Ognibeni

Fala sério, é uma combinação perfeita, né?

Eu amo viajar, não o faço mais pela falta de tempo. Porque antes disso a gente tem que trabalhar muito. Ir para locais que você pode passear, conversar com pessoas locais, fazer trilhas, sentir a natureza e de quebra conhecer os temperos regionais é um privilégio.

10329306_10152120758621139_4462760945675308586_n

10270699_10152116978431139_6129995364058606785_n

Nas minhas férias passei 1 semana em Ilha Bela, o suficiente para conhecer as principais praias da ilha e conversar com muita gente interessante (interessantes e educadas). Apesar de ser um local sem restaurantes vegetarianos, eles procuram ter opções para quem procura uma alimentação sem carne e saudável.

Meu conselho é: se quer conhecer cachoeiras, vá para Ilha Bela. Apaixonada pelas cachoeiras da toca, 3 tombos, cachoeira da Laje e a mais distante que fomos a do gato, perto da praia de Castelhanos.

10337741_10152486453071139_1380110398017951438_n

10301211_10152122182951139_6565363007229367010_n

A ilha é bem sustentável, as pessoas moram e trabalham nela, e podem fazer a maior parte do percurso de bicicleta por ter ciclovia bem sinalizada. Percebi que ainda existiam obras, mas era possível ir de norte ao sul da ilha de bike. Onde não havia ciclovia era visível a educação dos motoristas.

1972549_10152116980016139_1765944353526041773_n

1911710_10152122183916139_5163416254810901912_n

O que fazer de dia:

– Andar de bike, você aluga uma bike bem legal por até 10 reais a hora ou 50 reais a diária. Vale a pena!

bike ilha bela veg

– Fazer passeio de jipe:
O Bacana do passeio de jipe por que você fica em contato com a natureza, em uma trilha de 40 minutos dentro da mata atlântica. A trilha pode ser feita a pé ou de bike, mas vai por mim, de jipe é uma aventura em tanto! O que percebi lá que os condutores dos jipes respeitam a estrada e valorizam o que eles tem.

– Caminhar na orla:
A Orla não é muito longa, se tiver disposição pode fazer uma caminhada da vila (Centro histórico) até perequê (centro comercial) ou Balsa. (Ponto final dos ônibus) Porém tem que ter disposição.

10274017_10152116978631139_8067555835711734642_n

– Andar de ônibus: O que me deixou impressionada foram os horários dos ônibus serem respeitados, além de ter nos pontos colocado todas as linhas. E pasmem, funciona! Em ilha Bela optamos além de usar o táxi para algumas distancias andar de ônibus, nossa prioridade vou usar o transporte público. Depois que aprendemos, sabíamos até onde descer e qual ônibus pegar, o sistema é bem intuitivo.

.

Agora onde comer, a parte mais interessante do post claro!

– Restaurante Cura:
Comida a quilo com muita variedade de saladas e comidas vegetarianas.

– Restaurante Emirados:
Quer tomar um bom drink e escutar uma música ao vivo? Lá é o local mais badalado. Além disse uma variedade enorme de comida árabe. E um ótimo preço!

– Restaurante Nova Iorqui:
Um vista incrível e opções vegetarianas no cardápio. Me deixou feliz!

suco ilha bela veg

– Pimenta de Cheiro:
Restaurante em frente pra praia do pereque, com prato executivos todos os dias e com opção vegetariana. Não fica explicito, mas tem opções que não levam carne.

– Bartatas:
No Bartatas fiquei super feliz por terem um cartaz logo na frente dizendo que tinham opções vegetarianas, e pelo nome já da pra saber, tudo feito com batatas.

bartatas opção vegetariana ilha bela

barrbatas ilha bela

– On Time:
Hamburgueria! Preço ótimo e com a opção de trocar o hambúrguer de carne para hambúrguer de soja.

on time burguer d e soja ilhabela

– Pastel do Zé:
Barato e uma variedade de pasteis! Tinha pastel de brócolis. Quase pedi vários, pois pelo preço achei que fosse pequeno, mas não era, era pastel grande. Foi o preço mais justo da ilha, porém é um bar para locais e não turístico.

Experimentei outros restaurantes, mas os acima foram os que me deixaram realmente satisfeita com as opções. A Ilha vive muito de comidas que levam peixe e outros animais do mar.
Voltaria em Ilha bela para fazer passeios pelo mar que não foi possível pois o Iate Clube estava fechado.

Recomendo se apaixonarem por Ilha Bela também =)

10342958_10152120758511139_1559320137141231671_n

Fotos: Nicole Ognibeni e Romulo Tavares.

A autora:

Nicole Ognibeni  vive para experimentar sabores, falar sobre tatuagens e mudar destinos. Nas horas vagas se diverte produzindo vídeos.

PS no Veg Por Aí: É preciso verificar antes se são veganas ou ovolactovegetarianas.