Passeios de buggys e quadriciclos matam tartarugas nas praias

Compartilhar isso

Resolvi escrever essa postagem porque isso era algo que eu não fazia ideia de que ocorria. Sempre informamos aqui sobre as atividades de turismo mais óbvias que exploram animais, principalmente para fotos, mas essa como não tinha uma relação tão direta nos passou desapercebidos. Até já realizamos esse tipo de passeio uma vez.

Vi uma notícia sobre tartarugas esmagadas por veículos na praia de São Miguel do Gostoso (RN). A tartaruga estava com a coluna quebrada, o casco afundado, na altura do bar Dr. Wind, na praia do Santo Cristo. A prefeitura é responsável em bloquear acesso de carros às praias e fiscalizar, mas pouco se faz até que ocorra denúncias públicas em massa como esta.

Em fevereiro do ano passado foram apreendidos 100 veículos usados para passeio de turistas na Praia do Gunga em Alagoas. Isso ocorreu após denúncias e vídeo de ovos e filhotes de tartarugas esmagados pelos veículos que passavam no local sem parar.

Em janeiro desse ano foi denunciado na internet o esmagamento de tartarugas por veículos na praia de Grussaí. Após isso a prefeitura de São João da Barra (RJ) criou a Operação Orla Segura.  A idéia é prevalecer às leis ambientais, através do ordenamento do gerenciamento costeiro, evitando o trânsito de veículos.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Alex Firme,  a Operação  consiste em  campanha de conscientização ambiental, utilizando panfletos educativos, com  orientações sobre o correto uso da faixa de areia. “Utilizaremos também, placas informativas de trânsito, impedindo o acesso dos veículos à orla”, frisou o secretário ressaltando que a desobediência acarretará  penalizações na forma da lei.

– O melhor caminho pra resolução destes problemas relacionados ao mau uso da faixa de areia realmente é conscientização da população, onde o exemplo passa de geração para geração – declarou a psicóloga, Júlia Paravidino, que há 34 anos, veraneia na praia de Grussaí.

Para facilitar o acesso de sua família à praia, o campista, Carlim Silva, que também frequenta Grussaí, estava com planos de  comprar um veículo 4×4. “Alcancei o objetivo da campanha, e desisti da compra, a preservação de nossas praias está muito além da nossa comodidade”,  comentou Carlim que continuará utilizando a passarela do Pólo Gastronômico para acessar a praia.

Durante o período do verão 2017, a execução da campanha educativa integrada, de conscientização ambiental, será desenvolvida em parceria com as  secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Transporte e Trânsito, Guarda Civil Municipal, Defesa Civil, Corpo de Bombeiro, Polícia Militar e Projeto Tamar.  Esses são os órgãos que você pode encaminhar denúncia quando se deparar com atividade de veículos em faixas de areia.

Segundo a Agência Brasil, a temporada de desova de tartarugas marinhas no Brasil começa em setembro, com a chegada ao litoral brasileiro das fêmeas reprodutoras das tartarugas cabeçuda e oliva e, em seguida, das tartarugas de couro, e se estende até março, quando todos filhotes terão nascido. As últimas tartarugas a chegar às praias são a tartaruga pente, em dezembro, e a tartaruga verde, em janeiro. A postura dos ovos ocorre nas praias dos estados da Bahia, Sergipe, Rio Grande do Norte, Espírito Santo e Rio de Janeiro e, a partir de janeiro, em Fernando de Noronha.

1 Comment

  1. Solange Aparecida Maidel

    01/21/2017 at 12:49 am

    Infelizmente alguns seres humanos são indignos de viver nesse mundo por tanta maldade que praticam para com outros seres.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.