Category: Dicas (page 1 of 2)

A ferramenta que usamos para planejar nossas viagens

caderno de viagem planejador wish planner

Não tem pra ninguém, o papel e a caneta são as ferramentas de planejamento e organização mais queridas entre a galera de produtividade. Nós nunca dispensamos os papéis durante as viagens. Seja por poder consultar em qualquer lugar sem medo de ser assaltado, e sem depender de internet e bateria, que muitas vezes nos deixam a deriva.

Outra coisa que damos muito valor também, é manter registros físicos nas viagens. Selecionar algumas fotos para “revelar”, guardar bilhetes, folhas secas, mapas e roteiro escrito a mão. São recordações importantes que tem papel fundamental de reavivar a memória por meio dos sentidos.

Continue reading

Agenda de Viagem mostra dia a dia para veganos em Cuba

vegporai 3

Mês passado fomos a Ilha Grande para passar um final de semana numa pousada vegetariana, e criamos uma agenda de viagem para organizar as informações importantes que pesquisamos e tê-la em mãos. Aproveitamos para deixar essa nossa agenda disponível para download gratuito lá no post de Ilha Grande. Nosso amigo Pablo, que também ama viajar, viu a agenda e achou incrível essa ideia.

Continue reading

10 presentes criativos de dia dos namorados para vegetarianos que gostam de viajar

Aproveitando as dicas que demos na postagem sobre os destinos românticos decidimos dar uma ajuda para os casais que estão sem ideia de presente para a pessoa amada. Independente da data, presentear um viajante com coisas que serão úteis em qualquer destino é a pedida! Confira a nossa lista de presentes criativos e no final temos uma surpresa muito legal para quem acompanha o nosso blog! 😉

Continue reading

5 destinos românticos com roteiros veganos

Encontrar motivos para viajar é sempre muito bom! Viajar é ótimo para celebrar, para curtir momentos e no dia dos namorados é a pedida! Abaixo separamos 5 destinos românticos de viagem para curtir com o seu amor (seja quem for). Ah, para ver o nosso roteiro vegano para cada um, basta clicar no nome do lugar.

1. Búzios

destino romântico búzios

Continue reading

Confira 5 hambúrgueres veganos sem soja pelo Brasil

Nesse post vamos sugerir para vocês, cinco hambúrgueres veganos que já nos salvaram da fome durante as nossas viagens no Vegetariando Por Aí. Há sete anos atrás, era uma raridade encontrar um hamburgão vegano. Hoje eles se proliferam por aí, e nós nunca negamos de experimentar, pois a variedade de gostos é enorme. Aqui queremos mostrar que os hambúrgueres além de poderem ir além da carne, podem ir além da soja texturizada (a PTS) também, aguçando a curiosidade e o paladar. Cada um desses é uma delícia!!!
 .
Agora vem ver e babar! Ah, eles não estão em ordem de preferência.
.

1. Hambúrguer de beterraba e feijão em Curitiba

Com cheddar vegetal da Tofuty. Foto: Guilherme Pinguim

Saiba onde aqui.

2. Hambúrguer de cogumelos no Rio de Janeiro

Saiba onde aqui.

3. Hambúrguer de tofu defumado em São Paulo

O Tofu é a base da fermentação do grão de soja, mas como nos limitamos a dar dicas que vão além do uso da PTS (Proteína de Soja Texturizada) assim explanado na introdução, e esse é um dos burgers mais gostosos que já provamos, aí vai a dica dele.

Saiba onde aqui.

4. Hambúrguer de berinjela em Belém do Pará

Saiba onde aqui.

5. Hambúrguer de grãos no Rio de Janeiro

Preparado com lentilhas, nozes, cenoura, abobrinha e gergelim.

Saiba onde aqui.

Há mais dicas de burgers veganos no Rio de janeiro aqui. A grande maioria sem soja também.

Gostou? Ficou com fome? Você tem um sabor predileto ou algum outro lugar com hamburguer vegano para indicar aqui pra galera? Compartilha com a gente nos comentários aqui e página.

Fotos: Vegetariando Por Ai

Mais fotos no nosso instagram: https://instagram.com/vegporai/

Conheça os 10 destinos mais vegetarianos do Brasil

O Vegetariando Por Aí listou os destinos mais veganos do Brasil para quem está de viagem, com base na oferta de estabelecimentos vegetarianos do Guia de Restaurantes 2014 da Revista Vegetarianos. As informações numéricas sobre estabelecimentos são de acordo com as cadastradas no site Happy Cow. Veja se o seu destino está na lista ou se algum te inspira. Se a sua cidade não está na lista, que tal mobilizar uma cooperativa vegana ou enviar dicas de pratos vegetarianos para alguns restaurantes e lanchonetes? Mesmo os que estão na lista, tem como base o Brasil que ainda tem muito o que crescer em relação a veganismo. Isso depende de cada um de nós. Compare aqui com os 10 mundiais.

Então vem ver:

1. São Paulo

A cidade possui oito doze restaurantes veganos e no total aproximadamente setenta lugares onde vegetarianos e veganos encontram algo elaborado para comer. São Paulo é a cidade mais vegetariana do Brasil e da América Latina.

Veja nossas descobertas  veganas de quando viajamos a São Paulo em 2013.

Pizza vegana (com queijo vegetal) do Lar Vegetariano Vegan. Foto: Laura Vegan

Continue reading

As 10 melhores cidades do mundo para vegetarianos

Se você é ou conhece algum vegetariano ou vegano, sabe como é a eterna caçada por alimentação na rua. Em viagens, isso se torna um desafio a ser desvendado e superado, mas a conquista é prazerosa.
Em muitos lugares há uma cultura gastronômica baseada na carne de certos animais, mas isso não quer dizer que não haja uma forte inserção e crescimento do vegetarianismo.  O Brasil está nesse caminho, e é isso que estamos registrando nos nossos relatos de viagens no Vegetariando Por Aí. Mas em alguns lugares, podemos chegar o mais próximo de sentir que o mundo se tornou mais vegano, daí relaxar e curtir.
Essa lista trás as 10 cidades com mais restaurantes veganos e vegetarianos listadas no site Happy Cow, que é uma plataforma referência em cadastro e consulta de restaurantes veggies no mundo. São cidades com centenas de lugares vegetarianos, como restaurantes, lanchonetes, cafés, mercados, padarias, carrinhos de comida de rua, etc. Isso, centenas em cada cidade. É para se esbaldar e engordar sem esforço.
 .
1. Los Angeles
Cidade que mais possui restaurantes vegetarianos ou com opções. No melhor estilo de comida americada, encontra-se de hamburguer de cogumelos a panquecas veganas. Mas há uma variedade grande de cozinhas internacionais, principalmente a mexicana e chinesa.
Dica: Tem comida de rua em caminhões como o Yalla Truck – Food Truck que vende sanduíches de faláfel; café da manhã com burritos e panquecas no The Vegan Joint; o moderno Dr. J’s Vibrant Cafe, comida americana no Flore, pizzas com queijos vegetais no Cruzer Pizza, o japonês Shojin e o espaçoso Native Foods.
Oklahoma Bacon Cheeseburger feito com bacon e queijo vegetais. Native Foods Foto: The naked kitchen
2. Nova York
A grande maça é a cidade com mais restaurantes 100% veganos e a predileta dos vegetarianos. Lá a oferta é bem diversificada, tendo opções de comida de rua a gourmet, de restaurante crudívoros (raw food) a fast foods, cozinhas internacionais, cafés, bistros e padarias.
Dica: Tem sushis veganos no The Green Roll, o Candle 79 frequentado pelo Paul McCartney, o elegante Blossom, a padaria de luxo Vegan Divas da brasileira Fernanda Capobianco, que tem como clientes Madonna e Alicia Silverstone; o famoso Angelica Kitchen, o sofisticado wine bar V Note, com petiscos e jantar, o Franchia Vegan Cafe com estilo coreano e moderno e um dos mais populares de Nova York, o HanGawi. Além disso, tem a tempos redes mundiais que só chegaram ao Brasil (diga-se São Paulo) nos últimos anos, como o Loving Hut e o Maoz.
The Green Roll Foto: divulgação
3. Cingapura 
Cingapura é uma pequena, multicultural e próspera cidade-estado em uma ilha asiática. Tem muitos pratos baseados na culinária chinesa e hindu. Sem contar que também está bem próxima de Kuala Lumpur na Malásia, outra cidade com centenas de lugares vegetarianos.
Dica: Tem comida típica local no Veggie Cottage, o Zhen Fut Sai Kai que está a mais de 50 anos aberto, o Rice House, noodles no Vegetarian Era e hamburgueres de soja, ervas, cogumelos e tofu no Greenzilla e no Veganburg – The Grandstand.
Veggie Cottage Foto: city nomads
4. Londres
Londres já ganhou uma nomeação em 2009 de cidade mais vegetariana do mundo, pelas suas inúmeras opções de cozinhas, restaurantes e alimentos veganos disponíveis no mercado. É lá também onde foi fundada ainda no século 19 a primeira Sociedade Vegana.
Dica: Tem comida japonesa no Itadaki-Zen, comida típica local no Manna Cuisine (aberto desde 1966),  a van Rupert’s Street que vende comida vegana em frente ao Camden Lock Market e o sofisticado Raw.
Manna Cuisine Foto: Tryum
5. Portland
Além de ser uma das melhores cidades para morar e com políticas públicas ecológicas, Portland é a cidade com mais vegetarianos nos EUA. Diz ser a Meca vegana, com muitos restaurantes, cafés e mercados voltados para esse público. Lá não se passa fome e com uma caminhada você encontra lugares vegetarianos com facilidade.
Dica: Tem a mercearia vegana Food Fight  no Vegan mini-mall, churrasco com defumados do Home Grown Smoker, o pub vegano The Bye and Bye, a comida de rua com pizzas do Vegtalista – Food Cart e o Sweet Lemon Vegan Bistro com comida vietnamita.
Home Grow Smoker Foto: Vegan in brighton
6. São Francisco
São Francisco é uma cidade de clima e mobilidade agradável. Também possui mais de duzentos restaurantes vegetarianos, incluindo os da moda. Além disso possui muitos cafés e lojas de produtos veganos.
Dica: Tem o gourmet Millennium, o mexicano e orgânico Gracias Madre, o contemporâneo Herbivore e o japonês Cha Ya.
Cha Ya Foto: Never Ending Voyage
7. Berlim
Segundo o canal alemão DW, o veganismo teve um crescimento de 800% na Alemanha nos últimos 3 anos. Fica em Berlim a primeira rede de supermercados veganos da Europa, chamada Veganz. Além de muitos estabelecimentos vegetarianos, muitos cafés e restaurantes da cidade possuem opções veganas no cardápio.
Dica: Tem o gourmet e criativo Lucky Leek, o cocktail bar Chaostheorie, a cozinha francesa do Ohlala, o bem indicado La Mano Verde, a cozinha italiana do Mio Matto e se quiser hamburguer, tem o Sun Day Burgers.
Super mercado vegano em Berlim Foto: Divulgação
8. Toronto
Toronto é uma das cidades mais multiculturais do mundo, das mais seguras e a mais populosa do Canadá.
Dica: Dentre os mais de cem restaurantes vegetarianos da cidade, tem comida chinesa no Buddha’s Vegetarian Foods, a cooperativa universitária Hot Yam!, comida latina no Hot Beans, além do Hibiscus, One Love Vegetarian, Live Organic Food Bar e Urban herbivore.
Sopa, salada e crepe no Hibiscus Foto: veg.ca
9. Tóquio
Tóquio é a segunda cidade com mais restaurantes veganos, só perdendo para Nova York. Alguns pelo estilo macrobiótico, outros por diversas outras razões, a oferta é bem variada. .
Dica: A diversidade se expressa ao encontrar o Ain Soph Ginza, sorvete vegano no bar Point, pizza e falafel no Cafe Rappa, comida japonesa no Tsubu Tsubu Cafe, hamburguer no Hanada Rosso, o salão de chá Salon de Nanadecor, o inglês Brown Rice Cafe, o italiano Buona Tsubu Tsubu, o típico Nagi Shokudo, o curioso Olu Olu Cafe que tem temática havaiana, mas cardápio japonês; e os tradicionais lamen  no T’s Tantan.
T’s Tantan Foto: Divulgação
10. Bangkok
Com palácios e templos budistas, bangkok é a capital e cidade mais populosa da Tailândia.
Dica: Tem comida típica no Vegan Thai Food Stalls, no Kran Boom Modern Thai ou no Bann Suan Pai. O Bonita Cafe and Social Club, é um cafe vegano em estilo americano, com decoração linda, e pratos tailandeses e americanos como hot dog vegano.
Cogumelos grelhados do Baan Suan Foto: Divulgação
EXTRA. Palitana
Palitana fica na Índia e se tornou a primeira cidade vegetariana do mundo! Saiba mais.
.
.
Texto escrito pelo Vegetariando por Aí e cedido ao Nômades Digitais, onde foi originalmente postado.

Sites ajudam a procurar por hotéis vegetarianos e veganos pelo mundo

Lanche no hotel vegetariano Solimago na Itália

Quando planejamos uma viagem o que não pode deixar passar, além dos pontos turísticos, são os restaurantes vegetarianos e veganos mais próximos. Mas quem lembra de procurar por hotéis  vegetarianos e veganos? Sim, pois eles existem e esse pode ser um critério de escolha, além do custo-benefício, conforto, wi fi e localização.

O Veggie Hotels é uma plataforma que reúne hospedagens vegetarianas e veganas pelo mundo. Foi criada em 2011 na Alemanha pelos jornalistas de turismo Thomas e Karen Kleins, e pelo especialista em TI, Peter Haunert. Em “Busca Detalhada”, pode-se escolher por hotéis 100% veganos.

Ainda não são fáceis de encontrar (a não ser que você esteja na Europa, claro), e muitos assim são denominados por serem spas relacionados a yoga e comida natural. Mas vale sempre dar uma pesquisada antes, porque “vai que”, né.

Já nessa página do Hostels Bookers, mostra diversos hostels pelo mundo que fazem questão de agradar os viajantes vegetarianos e veganos.

Que sensação boa deve ser descer para tomar um café da manhã com uma variedade enorme e completa de alimentos veganos e quem sabe um restaurante. Sem contar o que achamos super importante, que é fomentar empreendimentos que tem como política não explorar animais e que devem ser apoiados para se manterem e crescerem. Além disso, ter o suporte de uma equipe especializada, poderá oferecer diversas dicas de lugares vegetarianos e veganos na cidade.

Faça sua pesquisa: https://www.veggie-hotels.de/

Veja também: O que é um Passaporte Vegano, a agência de viagem veganaApps que todos vegetarianos deveriam ter no celular e Mais de 10 Hospedagens Vegetarianas no Brasil!

5 destinos incríveis para aproveitar o outono e inverno no Brasil

1. Petrópolis – RJ
Petrópolis fica na região serrana fluminense, e tem aquele ar colonial e europeu pelas ruas. Tanto pela família real portuguesa que morou por lá (tem o Palácio Imperial onde morou Don Pedro II e a casa da princesa Isabel), quanto pela colônia alemã. É um dos nossos destinos favoritos, e aqui relatamos nosso roteiro de passeios e descobertas veganas por lá. Apenas o que nos entristece ver por lá, são os cavalos explorados em charretes para turismo.
2. Paraty – RJ
Paraty é convidativa em todas as estações do ano! Tem praias e um centro histórico impecável. No inverno tem festivais de música, pinga e a famosa FLIP. A vida noturna é charmosa, tem ótimas opções de gastronomia vegana como a moqueca de banana da terra com pimenta (mais dicas aqui), e no frio se esquente com as degustações de cachaças fabricadas lá, como a Gabriela, feita com cravo e canela. O único ponto ruim são os cavalos escravizados nas charretes.
3. Curitiba – PR
É uma cidade linda, com muitos parques, praças e araucárias. Fizemos duas visitas a cidade, que possui muitas opções veganas diversificadas. De carrocinha de cachorro quente, passando por cantina italiana, restaurante indiano, fast foods, lojinha, a inclusive pra quem sai a noite. Tudo vegano. Veja aqui.
Foto: Cido Marques
4. Gramado e Canela – RS
Quem vai em uma, automaticamente visita a outra já que estão a apenas 9km de distância. Muito frio, chá, chocolate, plátanos pelo chão, passeio de maria fumaça, vinícolas (incluindo a Miolo), romance, aquele ar europeu e muito mais.
Observação sobre hotel em Gramado aqui.

5. Ouro Preto – MG

Cheia de ladeiras, igrejas e construções históricas. Durante a semana santa são realizadas missas em diferentes igrejas, procissões, concertos musicais e tapetes florais coloridos.

VEJA TAMBÉM: Saiba escolher vinhos veganos.

Imagine uma agência de turismo vegana

Foto: VegVoyages
A agência Vegvoyages está sediada nos EUA, e nasceu para facilitar a vida aos vegetarianos e vegans que gostam de viajar, e querem se poupar de toda aquela busca por opções veganas. Bom, nós adoramos essa busca, mas é claro que deve ser bem interessante apenas relaxar e poder desfrutar de tudo sem preocupações, incluindo a de ser levado para um passeio que explora animais para turismo de alguma forma. E de quebra conhecer veganos de diversos países! Mais um plus é estar aquecendo uma economia com valores da cultura de paz.
O compromisso apresentado pela empresa é fornecer refeições completas e adequadas a este tipo de alimentação durante toda a viagem, providenciando ao mesmo tempo um conjunto de atividades, com preços ao nível de qualquer agência de viagens.
Neste momento estão ao dispor sete circuitos na Índia, um no Laos e outro na Malásia. A agência pretende aproximar os participantes da cultura local, e para isso recorre a programas com pequenos grupos, e atividades apoiadas na população local, como aulas de cozinha tradicional vegetariana, ioga e espetáculos de música e dança, não descuidando, no entanto, as normais visitas a monumentos e locais históricos.

Os transportes vão das vans aos barcos, bicicletas e riquexós, e os alojamentos são adequados, com exclusão das grandes cadeias impessoais de hotéis. Excluídos dos preços ficam os voos, vistos e seguro de viagem.
A título informativo, a viagem mais barata neste momento é The Green Triangle, um circuito de sete dias na Índia, que fica por 773 € por pessoa. Na Malásia, o programa é de vinte dias, e no Laos de vinte e um, ficando ambos por 1.583 € por pessoa. Deu vontade, hein!

Para conhecer todos os detalhes dos programas visite o site da agência, em www.vegvoyages.com.

Fonte: Alma de viajante

Older posts