8 sorvetes veganos brasileiros para se deliciar sem peso na consciência

Compartilhar isso

Nós amamos sorvetes. Antigamente era quase impossível achar um sorvete vegano. As vezes o olho brilhava quando encontrava um sem lactose, mas o sorvete tinha clara de ovo como emulsificante. Mas as coisas estão mudando…

Então fizemos uma lista muito especial de marcas veganas de sorvetes sem crueldade. Geralmente são sorvetes de produção própria com distribuição local. Então entre no site de cada um para saber em quais estabelecimentos você pode encontrá-los, ou feiras que a marca estará participando. É muito bacana saber que em toda a produção não envolve exploração animal.

Sorvetes veganos

1. Gelados da Tribo (Rio de Janeiro – RJ)

Sem dúvida o sorvete mais delicioso que já experimentei em toda a minha vida!

2. Hoba (Rio de Janeiro – RJ)

Igualmente delicioso e com sabores como amora, paçoca, abacate… Uma delícia.

3. Lê sorbet ( Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte)

O Lê Sorbet você pode encontrar em diversas lojas de mais de 3 cidades!

4. Mondo ( São Paulo – SP)

O Mondo é uma versão vegana do sorvete Magnun e está recebendo retornos muito positivos. É sorvete, chocolate e duplo caramelo.

5. Da Sereia (São Paulo – SP)

Com sabores de combinações mágicas dá vontade de experimentar todos!

6. Alfreddo Veganni (São Paulo – SP)

Gelateria artesanal parada obrigatória na Vila Madalena.

7. Mira Flor ( Belo Horizonte – MG)

O primeiro sorvete vegetal de BH.

8. Hareburger (Rio de Janeiro, Niterói e São Paulo)

O Hareburger é uma rede de lanchonetes vegetarianas que serve em suas lojas sorvetes veganos e milkshakes deliciosos, atualmente feitos com leite de aveia! Nós amamos!

 

Os que conhecemos são basicamente do Rio de Janeiro e São Paulo, mas se você conhece uma marca vegana de sorvetes da sua cidade ou em qualquer outro lugar do Brasil, comenta aqui para conhecermos também! : )

 

 

  1. Os milkshake do Hare não são veganos, usam leite de soja Ades 🙁

  2. Dani e Tiago

    07/13/2018 at 8:23 pm

    Oi Roberta. Eles tinham informado há um tempo que trocaram para leite de aveia. Voltaram?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *