Lugares incríveis e boa comida vegana em Niterói – GUEST POST

Por: Wis Villefort

1 (1)

Niterói é uma cidade cheia de atrações  (praias, trilhas, museus, eventos), cultura e história, mas  nem os aplicativos vão te ajudar a encontrar um lugar com comida cruelty-free. Ironicamente, foi em Niterói onde me posicionei definitivamente como vegano, então esse guia é baseado nas minhas experiências pessoais e minhas descobertas pela cidade.

14

PRAIAS:

PRAIA DE ITACOATIARA

Niterói tem pelo menos 22 praias, sendo a maioria delas localizadas na Baía de Guanabara, o que confere à todas belas vistas mas faz com que, no geral não sejam recomendadas pra banho. Já entre as praias oceânicas, Itacoatiara é uma das mais movimentadas. No inverno, as grandes ondas exigem atenção de quem quer cair no mar – exceto pelos surfistas. No verão, com ondas menores, é quase sempre possível aproveitar a água e geralmente a praia lota, é legal chegar cedo pra conseguir um lugar (ao sol e pra estacionar). A restinga separa a faixa de areia da orla, onde existem pequenos quiosques – sem nenhuma opção vegana, mas dá pra ficar nos sucos e no açaí.

PRAIA DO SOSSEGO

Também na Região Oceânica, a Praia do Sossego é desconhecida até mesmo por muitos Niteroienses. Nos dias de semana, a praia fica praticamente deserta, é uma maravilha. Ao contrário de Itacoatiara, o mar não bate tanto, então é uma opção excelente pra quem gosta de ficar no mar. É uma praia complemente sem estrutura de banheiros e comércio e fica numa área de preservação, então tem que levar o que for consumir – não esquecer de recolher o lixo e dar o fim correto quando for embora.

 

RESTAURANTES:

VIVA LA VEGGIE (Delivery exclusivamente vegano)

Um casal vegano e cheio de estilo – um pouco indignado com a falta de opções veganas em Niterói – resolve se organizar pra produzir alimentação exclusivamente vegan e nasce o Viva la Veggie. As opções vão de almôndegas com cerveja belga ao molho de tomate e ervas frescas  acompanhadas de batatas fritas (na airfryer),  queijo vegetal salpicado com sal de aipo belga (sério!) à berinjela com besciamella e mandioqueijo (caseiro!!!) acompanhada de arroz integral e PTS defumada refogada no azeite extra virgem de oliva com cenoura e ervas frescas. Pedi quibe um recheado com mandioqueijo (caseiro) e abobrinha. Acompanhamentos: vagem com cenoura ao lemon-pepper e arroz integral com sumak e tava sensacional. A produção é totalmente artesanal e dá até pra trocar um ideia com o casal, existem opções congeladas e quentinhas. Totalmente recomendado.

https://www.facebook.com/vivalaveggie

18

19

SABOR DO RINK (Restaurante com opções veganas)

Quem viaja por qualquer lugar do estado do Rio de Janeiro sabe como a herança cultural da feijoada está presente, tem sempre que perguntar se existe alguma parte animal no feijão. O Restaurante Sabor do Rink já ganha o coração dos veg(etari)anos porque é um dos poucos self-services da cidade que tem opção de feijão preto sem carne. No meu prato: lentilha cozida, almôndegas de soja, picles apimentado e couve; mas as opções são diversas: torta de espinafre com champignon e presunto vegano, croquete de soja, pastel assado de palmito, de tofu… Sério, é um paraíso de opções e eles procuram sempre acrescentar novidades. Além disso, vegetarianos e veganos tem desconto de 10% no valor da conta, basta informar na hora de pagar.

https://www.facebook.com/sabordorink

PRATO NATURAL (Restaurante com opções veganas)

A proposta do Prato Natural é oferecer alimentação saudável e existem opções veganas e ovo-lacto. Muitas pessoas já me falaram que a comida é bem boa mas eu nunca consegui comer lá porque a comida sempre acaba quando eu chego – parece que é realmente boa. Então, apesar de não poder opinar sobre serviços e qualidades, posso dar uma dica logística:cheguem cedo.

https://www.facebook.com/PratoNatural

 

TRILHAS:

MORRO DAS ANDORINHAS

A trilha que leva ao topo do Morro das Andorinhas é bem tranquila e rápida e as vistas são incríveis. Existem alguns mirantes naturais com vistas pra diferentes pontos. Não é uma trilha tão visada então não vai rolar fila de espera pra tirar foto – isso é comum em diversas trilhas do Estado. Quem for de carro deve seguir até a praia de Itaipu e subir pela Rua da Amizade, dá pra deixar o carro ali mesmo, a trilha  é toda sinalizada com placas, então é bem tranquilo de encontrar o caminho.

TRILHA DO BANANAL

Uma das trilhas mais famosas de Niterói é subida no Costão de Itacoatiara, mas a minha dica é bem ao lado, a trilha que leva à Enseada do Bananal. O caminho da trilha é de Mata Atlântica densa, uma beleza incrível. O final de trilha é uma enseada rochosa sensacional. Pra acessar a trilha, no Bairro de Itacoatiara, basta localizar um posto de identificação na Rua das Papoulas – o mesmo que dá acesso à trilha do Costão. A trilha também é sinalizada, bem fácil seguir o caminho

6

9

8

 

CENTROS CULTURAIS:

SOLAR DO JAMBEIRO

O Solar do Jambeiro é um casarão cercado de verde e revestido de azulejos – razões suficientes pra uma visita. Exposições, peças, oficinas e até um espaço mensal pra meditação fazem parte da programação e deixam a situação mais atrativa. Algumas peças podem atrair o publico a ponto de formar filas na calçada. Vale consultar a programação previamente no site do Solar.

https://www.culturaniteroi.com.br/solar/

11

10

MUSEU JANETE COSTA DE ARTE POPULAR

Bem em frente ao Solar do Jambeiro, um belo sobrado neoclássico dedicado exclusivamente à arte popular brasileira. Cineclubes e exposições compõe a programação. O lugar é pouquíssimo visitado, então quem quiser trocar uma ideia com o pessoal do museu sobre o acervo vai ter toda atenção.

https://culturaniteroi.com.br/janete/

12

13

MUSEU DO INGÁ

O palácio era a antiga sede do governo fluminense quando Niterói foi a capital do Estado do Rio de Janeiro e a proposta do museu é ser um espaço de história e memória – política e artística. Mais ou menos como acontece com o Museu Janete Costa, é pouco visitado e rola aquele papo sem pressa pessoal que trabalha no museu (fiquei duas horas conversando com o guia sobre o quão Antonio Parreiras foi incrível).

https://www.cultura.rj.gov.br/espaco/museu-do-inga

17

 

EVENTOS:

FEIRA ORGÂNICA – CAMPO DE SÃO BENTO

A melhor forma de começar o sábado. A feira começou com data certa pra acabar, apenas como uma atração do Festival de Economia Solidária, no final de 2014. Felizmente, tornou-se fixa. Não é uma atração turística, mas é uma experiência local imperdível. A energia é maravilhosa, tem sempre um trio tocando musica brasileira e pra quem está visitando a cidade vale a pena gastar uma horinha por lá, tomar um suco orgânico – com ingredientes frescos e locais – e ouvir boa música antes de ir à praia ou visitar os museus.

A feira acontece todo sábado e vai das 7h às 14h, a música começa por volta das 9h.

O Campo de São bento fica no bairro de Icaraí, entre as ruas Gavião Peixoto e Roberto Silveira e a melhor forma de acessar a feira é pela entrada da Rua Domingues de Sá.

FEIRA DE RELAÇÕES ORGÂNICAS

Produtos orgânicos, agroecológicos, artesanais, da agricultura familiar e tudo vegetariano/vegano. Acontece na segunda quarta-feira do mês, na Praça da Cantareira, o epicentro cultural-boêmio-universitário de Niterói. Vale também curtir a pagina da feira no Facebook, eles estão sempre divulgando outros eventos, e` também um ótimo canal de informacão.
https://www.facebook.com/feiraderelacoesorganicas?fref=ts


15

unnamed

 

 

ESCRITO POR:

Wis Villefort morou em Niterói por 5 anos e agora está no Hawaii voluntariando em uma fazenda orgânica. Instagram . Flick

3 Comments

  1. Fiquei muito feliz de ver um post tão bacana sobre minha cidade! Pena que o autor não conheceu o Veggus que vende lanches deliciosos, exclusivamente veganos, quinzenalmente no Campo de São Bento. Tem até uma parceria com a Doce Vegana que garante diferentes opções de salgados e sobremesas. É mais uma dica pros veganos que estiverem por aqui.

  2. Noooossa! Eu conheço o Viva la Veggie!! É realmente sensacional!! Compro mta coisa de lá! Pizzas , bolos de aniversário, congelados, caldos, minhas ceias de Natal e Ano Novo ,etc!!!Até pasta de dente vegana! heheh!! Enfim, mta coisa! E tudo o q eles fazem é delicioso! E podem fazer sem gluten! Recomendo MTO!!!Ah! Tem tb um churrasco vegano MTO bom!!

  3. Muito bom o post, Wis. Porém, infelizmente, ainda tenho a sensação de que em Niterói realmente faltam boas opções e até restaurantes realmente orientados à alimentação natural, vegetariana, vegana…

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.