Há vida vegana em viagem a Gramado e Canela na Serra Gaúcha?

gramado vegetariando por aí vegan vegetariano folhas secas plátanos

Tem cidade que nem o Happy Cow vai conseguir te ajudar. É o caso de Gramado, destino mais querido do Brasil de acordo com votação no TripAdvisor. No interior do Rio Grande do Sul, com temperaturas baixas e culinária típica alemã e italiana,  ainda não é uma cidade receptiva a veganos que gostam de aproveitar a viagem para comer em restaurantes regionais (em Cusco foi lindo, lembram?). Sempre ouvimos mal nesse quesito, e talvez por isso esteja sendo deixada de lado por muitos vegetarianos, mas conseguimos espremer alguma coisa.

gramado borboleta viagem turismo roteiro vegan vegetariano

borboleta pousa em lavandas de Gramado

Como uma pequena cidade com influências alemãs, Gramado tem ares de Petrópolis (RJ). Mas o melhor é que não tem cavalos escravizados em charretes vagando pela cidade. Gramado e Canela são apaixonantes e aconchegantes. Tem parques verdes, mirantes, lagos, parques de diversão, vinícolas, maria fumaça, exposições e arquitetura. Ficamos 2 dias e meio para aproveitar um feriadão, mas indicamos no mínimo 4 dias. Abaixo seguem nossas dicas veganas!

gramado hortência fonte do amor eterno use ahimsa

Fonte do amor eterno. Caso ou compro uma bicicleta?

_DSC0499

Hortência.

O QUE FIZEMOS?

Gramado e Canela tem muitas atrações, incluindo nas cidades próximas. Se ficássemos mais dias, teríamos ido na vinícola da Miolo (amamos os vinhos deles e são vegan friendly) e faríamos o passeio de Maria Fumaça. Para Canela, compramos um ticket do Bus Tour. Ele passa a cada hora nos principais pontos turísticos de Gramado e Canela.

– Cascata do Caracol em Canela

É o que mais nos impressionou. Ela é maravilhosa! Dá para olhar de cima pelo mirante, e depois descer a escadaria até perto da base dela. Mas para isso tem que ter muito fôlego pois a descida e principalmente a subida de volta é bem pesada. Mas vale muito. Tente estar no momento do por do sol no mirante.

cascata do caracol canela

cascata do caracol

– Catedral de Pedra de Canela

É linda!!! Muito bom passar um tempo relaxando pelos jardins dela.

catedral de pedra em canela boneco de neve vegan

cactedral de pedra em canela use ahimsa vegan

_DSC0510

catedral de pedra canela

DSC_0644

– Andar de bike por Gramado

Gramado ainda não tem ciclovias. Até a oferta de alugueis e bike tours são novidades na cidade. Nós alugamos as bikes por um dia e fomos ao Lago Negro na parte da manhã (andar pelas ruas de dentro dos bairros é incrível!), e a tarde fomos em direção à Canela, passando pelo Mirante do Vale do Quilombo na Av das Hortências, até o Museu Harley Davidson.

 

DCIM100GOPROGOPR3101.

DCIM100GOPROGOPR3114.

gopro lago negro bike gramado ahimsa vegan

harley moto show gramado e canela de bike

Veículo movido a feijão com arroz!

O QUE COMEMOS?

Fomos buscar as sopas, castanhas, frutas secas, chocolates veganos e café com leites vegetais. O restaurante Ratatouille estava na nossa lista, pois diz em sua página no facebook ter opções para vegetarianos e veganos. No entanto, lá era oferecido sequência de fondue a noite, e no almoço um buffet com arroz, salada, ovo e bife. A opção para veganos seria tirar o ovo e o bife, sem oferecer algo a mais. Então partimos para outro. Também não ficamos na turística Rua Coberta pois, além das famosas sopas no pão terem carne ou leite (veja receita se sopa de palmito no pão vegan aqui), as cadeiras de todos os restaurantes são cobertas com pele de ovelha. Achamos mórbido.

Lá, a maior oferta é de sequência de fondues, e nenhum vegan. – Até no Rio terá fondue vegan, Gramado! E aqui tem uma receita deliciosa de fondue vegano do site Presunto Vegetariano – Admitimos que uma noite não aguentamos o cansaço e, na falta de perspectiva, comemos no Subway mesmo (veja como criamos um sanduba veg aqui). Mas o nosso maior arrependimento foi não ter comprado pinhão cozinho dos vendedores que ficam ao longo da estrada na avenida Borges de Medeiros próximo ao pórtico. Essa é nossa dica. Prometam pra gente que vão comer pinhão cozido quando forem ao Rio Grande do Sul!

Dessa vez vamos colocar na ordem começando pelos que mais gostamos:

– Josephina Cafe

O lugar é top! É uma casa antiga, com decoração linda, um biergarten com bicicletário e pet friendly… No cardápio, as opções vegetarianas são todas assinaladas. No entanto, tem ovo ou leite. Quando peguntamos ao garçom qual das opções vegetarianas eram veganas, ele chamou a chef. As massas são feitas lá, mas usam ovos. Ela nos sugeriu o risoto de aspargos, cenoura e ervilhas, e teve a brilhante ideia de usar purê de abóbora no lugar do queijo para dar a cremosidade e enriquecer o prato. Foi um toque especialíssimo e amamos! Ao final, ela voltou à nossa mesa para saber se gostamos. O ideal é que incluam diretamente no cardápio opções veganas deliciosas assim. Então sempre pergunte. De entrada teve batata doce frita com molho de pimenta.

josephina gramado vegan vegetariano

_DSC0077

_DSC0078

– Demetra Orgânicos

É um empório e café, com diversos produtos orgânicos, além de salgados (vegetarianos e veganos) e cappuccino com leite de amêndoas. Esse cappuccino estava maravilhoso. O leite de amêndoas deixa tão gostoso que nem precisa de açúcar. Compramos uma trouxinha feita de mandioquinha, tomate seco e brócolis.

demetraorgânicos gramado leite de amêndoas sem lactose vegan

salgado vegan demetra ramado

– Me Gusta Hamburgueria

O Me Gusta é uma hamburgueria artesanal com cervejas, boa música e decoração. Fica em Canela. Dá para montar o hambúrguer, mas o pão tem leite. Então pedimos a opção de hambúrguer e salada. O burger é de amendoim com cenoura e não tem ovo na composição.

ATUALIZAÇÃO: A Elaine comentou aqui que foi em julho de 2016 e eles informaram que agora usam uma mistura de trigo com leite na massa no burger. Vale ir e perguntar sobre isso se for lá, pra eles verem que vale repensar e usar opções veganas pra liga como linhaça e aveia.

hamburguer vegano burger vegan me gusta hamburgueria canela gramado serra gaúcha

– San Tao 

O San Tao tem o resto Bar e do lado uma temakeria, a T+. Ambos tem opções vegetarianas. Mas no caso dos enrolados, tem o de pepino, e um com pepino, rúcula e alface. Não achamos das melhores ofertas. Encontramos sushis bacanas aqui. Mas a entrada com shimeji estava muito boa. O pad thai vegetariano também.

IMG_20150604_192655

 

Em Canela gostaríamos de ter conhecido também o Empório Canela (tinha uma vira latinha linda na porta!) e o restaurante Galangal. Ambos com opções vegetarianas no cardápio. Entre em contato antes para saber se desenvolveram algo vegano.

– Nutty Bavarian – Loucos por nuts

É um quiosque dentro da Galeria Largo da Borges. Encontramos por acaso. Tem amendoim, avelãs, castanhas do pará, nozes, noz pecan e macadâmia. Todas caramelizadas. A noz pecan e a macadâmia são incríveis! Vale muito como lanche, pois oleagenosas são ricas em gorduras boas, proteína e energia!

loucos por nuts oleagenosa nutty bavarian gramado vegan vegetariano

– Chocolates da Florybal e da Caracol

Eles tem os 70% cacau e os Meio Amargo que não tem leite na composição. Para os intolerantes a lactose, indicam o de soja, que não tem traços de leite (não foi feito na máquina usada para os demais com leite). E não tem leite mesmo! Pois é importante lembrar que “não ter lactose”, é feito para intolerantes, não para veganos. Então o produto pode ter leite produzido sem lactose.

chocolates veganos vegan sem lactose gramado florybal

 

INDICAMOS:

– Nós ficamos muito felizes de ter algo que não apenas o produto é vegano, mas a empresa. Os sapatos que usamos nessa viagem são da Ahimsa, uma marca 100% brasileira e vegana! Esse detalhe do sider feminino é de laminado vegetal. Eles foram ótima companhia na descoberta de novos caminhos nessa viagem. Agora a Dani já tem outro modelo Ahimsa na lista de desejos!

use ahimsa gramado pousada do verde

 

– Nós encontramos a Pousada do Verde depois de muito procurar o melhor custo-benefício. E adoramos. Ela é linda, ecológica, nova, confortável, bem localizada no centro, com funcionários atenciosos, jardim e café da manhã farto.

20150606_084954

ALGUMAS ONGS DE DEFESA ANIMAL DA SERRA GAÚCHA PARA VOCÊ AJUDAR:

Onca (Unidade Serra Gaúcha): www.onca.net.br/

Instituto Sierra de Gramado: www.institutosierra.com.br/

Consciência Animal de Gramado: www.facebook.com/ongconscienciaanimal

Amigo Bicho de Canela: www.facebook.com/amigo.decanela

Soama de Caxias do Sul: www.soama.org.br/

Pac Caxias: www.facebook.com/PACCaxias

Amor Vira-lata de Caxias: www.amorviralata.com.br/

APAS Caxias: www.facebook.com/apas.caxias

 

SERVIÇO:

Sapatos veganos da Ahimsa: useahimsa.com/

Demetra Organicos – Rua Euzébio Balzaretti, 582, loja 6. Gramado

Rattattouille. Praça Major Nicoletti, 55 (Galeria da Praça)- Gramado

T+ Temakeria e San Tao resto bar. Rua Garibaldi, 63 – Gramado

Josephina cafe. Rua Pedro Benetti, 22 – Centro – Gramado

Empório Canela. Rua Felisberto Soares, 258 – Canela

Galangal. Av. Oswaldo Aranha, 321 – Canela

Me gusta.  Av. Julio de Castilhos, 668 – Canela

Aluguel de bike (R$35,00 a diária. Levam a bike até o hotel): www.bikesport.tur.br/

26 Comments

  1. Rafael Santini

    06/13/2015 at 3:27 pm

    Blz? Belo relato de vocês. Pessoalmente prefiro um arroz com feijão básico quando não tenho opções vegans. A última vez que estive em gramado, almocei por indicação de funcionários das lojas locais, em um restaurante que era buffet livre por um preço justo. Preço justo é um problema em gramado, as coisas costumam ser bem caras.
    Infelizmente não lembro o nome. Era um restaurante de comida caseira, com muitos vegetais e o arroz, feijão e couve refogada eram veganos.
    O nome era bem clichê, algo como Arroz e Feijão ou Panela de Ferro. Não achei referencias a ele na internet, mas era neste prédio onde esta o pub que o restaurante fica. (se minha memória não me trai 😉 )
    https://www.google.com.br/maps/@-29.379505,-50.871456,3a,75y,52.09h,85.4t/data=!3m6!1e1!3m4!1sM2VdfUfeBkV5fc-Y1n_x7A!2e0!7i13312!8i6656

  2. O Empório Canela é muito bom! Tem várias opções sem carne, mas a maioria com queijo. Tem uma entradinha que parece uma bruscheta de cogumelos quw acredito que se tirar o queijo fica vegana. Tb tem a sopa de legumes que tomei e é delícia. A carta de cervejas já vale a visita. E é super pet friendly.

  3. Recomendo também o restaurante Di Pietro em Gramado, é o buffet que tem mais opções para veganos. A abóbora caramelizada é muito boa, sempre tem legumes quentes que variam conforme o dia (batatas assadas temperadas, mix de legumes, cogumelos, etc), um suco de uva integral muito bom, saladas bem variadas e frescas

  4. Vocês conseguiram achar um Pad Thai vegano? Eu adoro, mas o molho tradicionalmente leva namplá, que é a base de peixe. Tem um restaurante tailandês onde eu sempre como que serve Pad Thai de tofu, mas ele nem está na lista dos pratos vegetarianos. O jeito é fazer em casa, com shoyu. Abraço.

  5. Dani e Tiago

    06/16/2015 at 3:29 pm

    Valeu pela dica Rafael!

  6. Gramado é incrível e as cidades vizinhas também, com muitas opções de passeio, fui em maio/2015 também fiquei na Pousada do Verde.

    O restaurante que o Rafael Santini falou acho que é Panela Velha, R$15,00 a vontade, na entrada tem umas lojas de roupas e tem que subir para chegar ao restaurante, num é isso? Em frente ao hotel Serra Azul.

  7. Obrigada de coração por divulgar a Soama, a ong que eu me dedico que fica não nas cidades visitadas, mas próximo, em Caxias do Sul, a segunda maior cidade depois de Porto Alegre!

  8. Moro em Canela e super recomendo o Empório. Realmente em relação à comidas veganas acho que ainda falta. Mas quando puderem experimentem as batatas rústicas, o creme de mandioquinha com alho poró, o baguete vegetariano e o risoto de cogumelos. Bem possível que o pessoal adapte tirando o queijo pois os proprietários e a chef são super gente boa. É o lugar pet friendly mais amor do mundo. Sobre os pinhões… apesar de ser uma iguaria sou contra o consumo como está hoje. Os vendedores colhem indiscriminadamente e por ser uma semente é o alimento de muitos animais por meses. Em especial a gralha azul, ave conhecida por “plantar” as araucárias. O consumo demasiado do pinhão está acabando com elas e em consequência com possibilidade de novas árvores. As pessoas comem tudo durante o inverno e não sobra ou sobra muito pouco pros animais . Não compro pinhão, não indico que comprem. O restaurante Olímpia em Gramado costuma ter bastante opções vegetarianas no buffet, com preço bom. Abraços!

  9. Dani e Tiago

    08/19/2015 at 11:23 pm

    Anne, muito obrigada pelas ótimas dicas e informações. <3

  10. Nasci e moro em Gramado e realmente é quase impossível achar algo vegetariano ou vegano para comer aqui. Como é uma cidade muito visitada por diversos tipos de turistas deveria ter estabelecimentos com cardápios variados, mas não, aqui é só fondue, fondue e fondue por todos os lados e nenhum pensa em oferecer pratos diferentes.
    Recomendo o restaurante Per Voi na Avenida das Hortênsias, é uma cantina italiana com sequencia de massas e galetos. De vegano somente a polenta e as torradinhas, mas também tem muitos molhos vegetarianos (contém ovo na massa) como o funghi.

  11. Cada vez mais apaixonada pelo Vegporai! Trabalho lindo o de vocês e do pessoal que ajuda com mais dicas ainda nos comentários <3

    Gostaria de pedir para que, se possível, tentarem acrescentar os preços dos pratos em posts futuros similares a esse – ou nesse também. É essencial pra gente ter noção do que nos espera e preparar o bolso! Fico triste porque muitos lugares acham que quem é vegano é rico, não entendo a relação…

    Um abraço e até os próximos posts!

  12. Dani e Tiago

    10/02/2015 at 3:49 pm

    Que lindo, Mayumi! Obrigada pelo carinho! Ficamos tão felizes que tenha gostado do que criamos e compartilhamos. A sua sugestão é ótima! Vamos nos atentar a isso para os próximos. A gente acaba não anotando e esquecendo os preços certinhos. Mas vamos fazer isso. É muito importante pra planejar. Bjuus. Dani.

  13. Eu é que agradeço as dicas excelentes e a disposição para compartilharem os preços futuramente.

    Mais uma vez, parabéns pelo trabalho lindo e muito obrigada. Beijão!

  14. Visitei Gramado em 2014, na época eu era ovolacto e achei muito difícil. Fui no Ratatouille e achei as opções bem ruins, no final eu acabei comendo muito queijo mesmo. Esse post me mostrou muita coisa que eu acabei não conhecendo lá e que vão me ajudar se um dia eu voltar (:

  15. Acabamos de voltar de lá e nao passamos fome rs uma opção é o Guadalupe que faz para vegetarianos o chilli sem cArne!

    Uma delicia 🙂

  16. Nós viajamos para gramado julho/2016 ficamos na pousada do verde, por indicação de vocês do veg, maravilhosa a pousada, o atendimento é excelente, eu sou mãe de um filho vegano, no começo foi muito difícil acostumar pois muito me preocupava com sua saúde, achava impossível, mas a um tempo me acostumei e comecei a procurar opções e pesquisar td sobre, foi aí que mudamos também a nossa alimentação em casa, não sou vegana, mas admiro quem seja, é uma opção de vida admirável, porém precisam lutar para ter mais opções no comércio alimentícios.

  17. Dani e Tiago

    07/05/2016 at 5:42 am

    Alessandra, que alegria a nossa ler a sua mensagem! De fato ainda precisamos lutar muito pela expansão do veganismo, e Gramado em especial ainda não é um lugar fácil de encontrar opções. Um grande abraço! Dani.

  18. Elaine Ortiz

    07/05/2016 at 11:26 pm

    Fiz meu “roteiro gastronômico” baseado nas dicas de vocês. Fiquei feliz ao perceber que a Hamburgueria Me Gusta fica na esquina do apartamento que aluguei. Acabei de sair de lá um tanto quanto frustrada pois o garçom me disse que vai leite na composição do hambúrguer vegetariano… Fica aí a dica para alteração na informação.

  19. Dani e Tiago

    07/09/2016 at 1:51 am

    Oi Elaine. No dia conversamos c um dos donos, e o que ele informou é que vai leite no pão, mas o hamburguer não tem nada de origem animal. Por isso a opção é pedir o burguer com salada (sem pão), como indicamos. A gente sempre pergunta primeiro por e-mail ou facebook, e depois pessoalmente no local, e em ambos os contatos essa foi a informação. O garçon não se confundiu informando sobre o burger com pão? pq não se usa leite em massa de hamburguer. Os q não são veganos podem ter é ovo.

  20. Elaine Ortiz

    07/09/2016 at 11:16 am

    Oi! Insisti com o garçom sobre o leite ser no pão mas ele foi categórico… Me informou que para dar liga no hambúrguer eles fazem uma mistura de trigo e leite. Inclusive fiz um comentário na página deles no Facebook sobre isso e não me contestaram. Realmente uma pena, queria muito ter experimentado o lanche.

  21. Dani e Tiago

    07/13/2016 at 2:53 am

    Que pena. vou atualizar. Obrigada por avisar, Elaine.

  22. Olá,
    Gramado agora dispõe da loja Tudo em Grãos, localizada á menos de 2 quadras da rua coberta.
    Não somos restaurante, mas possuímos bastante opções para veganos e vegetarianos.

    Um grande abraço !

  23. Queridos estarei indo com meus filhos e minha mãe agora em dezembro. Fiquei imensamente feliz em encontrar essas dicas preciosas, vou anotar todos os lugares, mtoo obrigada
    Hare Krsna

    <3

  24. Estarei indo para lá agora em dezembro. vou ficar 1 dia e meio.
    Preciso de informações quanto aos preços, apar me preparar.
    Vocês podem me dizer os valores?

  25. Estive no Josephina café hoje, dia 19 e Janeiro e continua com as mesmas opções de quando vcs relataram. O leite de amêndoas não tem.

  26. Carolina Jung

    10/16/2017 at 11:19 pm

    É surpreendente que cidades baseadas no turismo ainda não tenham opções de alimentação para vegetarianos e veganos. Fiquei decepcionada com a alimentação ao visitá-las e esse não pretendo fazer uma segunda visita, mesmo porque são cidades muito caras. Considero muito mais vantajoso conhecer cidades onde tenhamos possibilidade de aproveitar a culinária, como São Paulo e Salvador.
    Para adoradores de viagens como eu, sugiro uma lida nessa matéria: http://www.passagensmilhas.com.br/cuidados-antes-de-comprar-passagens-em-promocao/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.