Conheça os 10 destinos mais vegetarianos do Brasil

O Vegetariando Por Aí listou os destinos mais veganos do Brasil para quem está de viagem, com base na oferta de estabelecimentos vegetarianos do Guia de Restaurantes 2014 da Revista Vegetarianos. As informações numéricas sobre estabelecimentos são de acordo com as cadastradas no site Happy Cow. Veja se o seu destino está na lista ou se algum te inspira. Se a sua cidade não está na lista, que tal mobilizar uma cooperativa vegana ou enviar dicas de pratos vegetarianos para alguns restaurantes e lanchonetes? Mesmo os que estão na lista, tem como base o Brasil que ainda tem muito o que crescer em relação a veganismo. Isso depende de cada um de nós. Compare aqui com os 10 mundiais.

Então vem ver:

1. São Paulo

A cidade possui oito doze restaurantes veganos e no total aproximadamente setenta lugares onde vegetarianos e veganos encontram algo elaborado para comer. São Paulo é a cidade mais vegetariana do Brasil e da América Latina.

Veja nossas descobertas  veganas de quando viajamos a São Paulo em 2013.

Pizza vegana (com queijo vegetal) do Lar Vegetariano Vegan. Foto: Laura Vegan

2. Rio de Janeiro

Pode não parecer, mas o Rio de Janeiro possui oito dez restaurantes veganos, concentrados no centro e zona sul da cidade. No entanto, um total de mais de 30 lugares com opções vegetarianas e veganas no cardápio. No Rio, o que mais temos carência são opções para a noite. O legal é que há muitos lugares orgânicos e que fazem pratos tipicamente brasileiros em versões veganas. Mas também se encontra muitos hamburgueres, sushis e indianos.

Veja nossas descobertas  veganas no Rio de Janeiro.

Feijoada vegana e caipirinha de gengibre no Vegetariano Social Club no Leblon.

3. Curitiba

Curitiba tem  cinco estabelecimentos veganos (Balarama, Semente de Girassol, Capivara, Mamba e Natural da Ordem),  e mais de vinte lugares com opções no cardápio. De cantina italiana, lojinha, bar de rock a carrocinha de hot dog na rua. Tem muitas opções para a noite. É possivelmente a cidade brasileira que mais cresce no vegetarianismo, junto com São Paulo e Porto Alegre.
Veja nossas descobertas  veganas de quando viajamos a Curitiba em 2012.
Sanduíche com glutadela no Semente de Girassol.

4. Porto Alegre

A cidade tem quatro sete estabelecimentos veganos e aproximadamente 25 lugares com opções no cardápio. Conhecer o Bonobo Cafe está em nossa lista. O Tiago já foi ao La Rouge Bistro e ao fast food vegano B Burguer e gostou muito! É muito interessante a diversidade da oferta e com qualidade.

Espetinhos de glúten com vegetais. Foto: Bonobo Cafe Vegano

5. Brasília

 Há 2 restaurantes veganos, o Faz Bem Casa Vegana (lanchonete e hortifruti) e o Supren Verda, além de um food truck vegano, o Apetit Natural. Mas tem uma confeitaria vegana, a Cannelle, inaugurada em dezembro de 2014. Possui sete estabelecimentos vegetarianos e um total de aproximadamente mais 15 lugares com opções. Dá pra pegar umas boas dicas no blog Distrito Vegetal também. Ah, e o restaurante universitário da UNB oferece sempre opção vegetariana no cardápio.
Pastel de palmito. Imagem ilustrativa.

6. Florianópolis

A cidade tem dois restaurantes veganos, seis vegetarianos e um total de aproximadamente 11 lugares com opções voltadas para vegetarianos no cardápio.

Strogonoff de cogumelos do Integral Orgânico. Foto: Aventure-se.

7. Salvador

 
Tem o Rango Vegan como único restaurante vegano da cidade, três restaurantes vegetarianos e aproximadamente dez lugares com opções no cardápio. No vegetariano Health Valley Brasil, o dono é de Gana, tem comida africana e moqueca de maxixe para saborear.
Moqueca vegana. Imagem ilustrativa.

8. Recife

Muita tapioca, cuscuz no leite de coco, inhame cozido e suco de caju são típicos de Recife. Mas você também encontra nos restaurantes vegetarianos de lá, pratos com carne de jaca que é uma delícia. Recife não tem restaurante vegano e dois vegetarianos (Cantina vegetariana e O vegetariano). Mas há aproximadamente mais 10 lugares com ótimas opções veganas, como o Papaya Verde e o japonês Yohei. Os recifenses sabem cozinhar!

Veja 16 lugares com comida vegana que descobrimos em Recife.

9. Campinas

Campinas conta com um dois restaurantes veganos (Vegetalle e o novo Ala Verde), quatro vegetarianos e uma rotissaria vegana (VegVida).

Torta de legumes e palmito do Vegetalle

10. Belo Horizonte

Tem um novo e único restaurante vegano (Cafe com Gentileza), seis restaurantes vegetarianos, um carrinho de lanches vegano (Carro Vegano) e aproximadamente sete estabelecimentos com opções no cardápio.

Hamburguer vegano do Carro de lanches vegetarianos BH

Atualizado em 27/01/15

EXTRA (maio/16):

Dois destinos que tem sido muito indicados:

11. Fortaleza 

De acordo com a nossa pesquisa, tem grande oferta de delivery, o que para quem está na cidade de visita rápida complica um pouco, já que costuma estar na rua passeando e parando para comer num lugar diferente.  Dos estabelecimento, tem o Mandir, o El Laricon, o Malaguetta, Casa Sattva, a padaria vegana artesanal Pachamama Cultural, o novo Agrião e Canela e A Fantástica Cozinha da Carol.  Uma vez por mês ainda tem o Festival Beneficente de Pizzas Vegetarianas e Veganas no Templo Hare Krishna. E pra quem optar pelo delivery, tem o Veg Goumert, o Sopa de Folhas, o Las Vegans e o Bike Vegan. Além de VegLanches ocasionalmente na Praça da Gentilandia.  Opção de comida japonesa vegana no Enjoy Sushi. Ah, encontramos o Rango Verde que é sensacional! É uma kombi com delícias veganas por aí.

Prato com bolinho de acarajé do Malaguetta

Prato com bolinho de acarajé do Malaguetta

12. Alto Paraíso (Chapada dos Veadeiros)

O município, dizem, além de ter boas opções de restaurantes vegetarianos e veganos, praticamente todos os demais oferecem opções no cardápio. Entre os que encontramos, tem: Cravo e Canela, Organika,  A Terra Cura,  Espaço Govinda,  Espaço Cultural Eco Nóis,  Bistrô Nômades, Divina Madre,  Coisas da Drica e  Alquimia do Sabor.

Tapioca com brotos, queijo de girassol, tofu... do Cravo e Canela.

Tapioca com brotos, queijo de girassol, tofu… do Cravo e Canela.

 

Nossa dica de presente interessante e afetivo:

 

29 Comments

  1. Gente vocês não tem perfil no facebook não?

  2. Olá Anônimo!!!

    Estamos no facebook também!! Conheça a nossa página! https://www.facebook.com/VegPorAi

    Abraços!! =)

  3. Gente em Floripa faltou o restaurante flor do grão na Av. Pequeno príncipe, o restaurante é 100% vegano, uma delícia, e o pessoal de lá é nota 10!!!

  4. Dani, pedimos vc trocar a foto do carro vegetariano. E possivel? Coloque a feijoada ou tropeiro ao invés do hambúrguer.

  5. Recentemente BH ganhou mais duas opções veganas. Estive em ambos e já atualizei meu post: https://www.viaggiando.com.br/2014/04/guia-vegetariano-de-belo-horizonte.html

    Acho que agora BH já sobe algumas posições nesse ranking. 😉

  6. Programa televisivo sobre Minorias evidencia as principais causas e desafios de ser vegano no Brasil.
    Para explicar os sentidos da palavra “Minoria”, o programa Palavra Cruzada, da TV Câmara, entrevista Leonardo Ortegal. Leonardo é vocalista do Menção Honrosa, um grupo de rap que produz músicas que defendem os ideais veganos. Leonardo também é praticante do muay thai, uma forma de demonstrar que é possível ter um bom desempenho no esporte sem consumir carne, leite, ovo ou qualquer proteína de origem animal. Mas ser vegano nem sempre é fácil. Além de enfrentar preconceitos e piadas discriminatórias, encontrar uma alimentação no comércio tradicional pode ser um desafio. O programa acompanha a saga de Leonardo em busca de se alimentar nas padarias, restaurantes e lanchonetes da cidade. O programa também apresenta as principais reivindicações veganas da atualidade, como por exemplo, a aprovação de um selo que ateste a ausência de componentes de origem animal nos produtos e alimentos. Para Leonardo, assim como os seres humanos, os animais também possuem o direito à vida, à dignidade e à liberdade. Além de Leonardo, o programa também entrevista uma travesti e um estudante universitário indígena.

    Palavra Cruzada é um programa televisivo que contextualiza conceitos a partir de palavras que sintetizam reflexões históricas, sociais e filosóficas. Os conceitos são apresentados a partir da experiência prática dos personagens que tem suas vidas e ações marcadas pela temática. Cada programa tem como tema uma única palavra-conceito para e explora as múltiplas percepções associadas à palavra e sua influência na forma como diferentes grupos se mobilizam e pautam suas ações.

    A primeira temporada trás três programas: Minoria, Inclusão e Laico.
    Na televisão:
    Estreia: 12 de agosto de 2014, às 21h30
    Reprises: Sábado – 22h30 // Segunda – 13h30.
    Na internet:
    Para assistir no youtube: https://youtu.be/7yrzfJsTlyg
    Para incorporar ao seu site: [youtube https://www.youtube.com/watch?v=7yrzfJsTlyg&w=560&h=315%5D
    Para assistir no portal da TV Câmara: https://www2.camara.leg.br/camaranoticias/tv/materias/PALAVRA-CRUZADA/471536-MINORIAS.html
    Contato:
    guilherme.bacalhao@camara.leg.br
    61 3216-1629

  7. Pedro Meza Camargo

    09/30/2014 at 11:28 am

    Gente! vocês tem que conhecer um povoado na Chapada Diamantina conhecido como Vale do Capão. O Vale do Capão tem 2 pizzarias totalmente vegetarianas, e outras 2 com opções vegetarianas e veganas, inúmeros restaurantes veganos e vegetarianos, dentre os quais se destacam uma trattoria italiana (de um italiano mesmo!) 100% vegetariana, um restaurante de comida caseira vegana com tempero indiano, um bistrô vegetariano que serve comida gourmet e a preços super acessíveis, e várias outros estabelecimentos onde o foco é o público vegetariano. Anotem ai na lista e venham visitar!

  8. Anotado, Pedro! Que maravilha isso! Já estávamos com vontade de conhecer a Chapada Diamantina. Agora então!

  9. Mariana Marcon

    10/01/2014 at 5:32 pm

    Eita curitiba tem muito mais que dois lugares, veg veg, semente de girassol, joaquim pub vegano, dezenas de restaurantes vegetarianos sem contar as opçoes que tem em lugares como new york cafe, crepe crepe que tem um cardapio inteiro vegano, soja no zapata, etc

  10. Verdade. Ultimamente Curitiba deu um boom de lugares veganos. Depois vamos atualizar o post. Bjs!

  11. Ana Carolina Castro

    01/27/2015 at 7:52 pm

    Goiânia também está crescendo no vegetarianismo/veganismo. Tem o Lovin Hut, que se não me engano é vegano e já está aberto há alguns anos. Em 2014 foi aberta a Curupira, lanchonete vegana que é ótima opção noturna e vende coxinhas muito gostosas, de jaca. Um que abriu e eu ainda não conheci é o bistrô Bodega Dell’arte. Ah, e tem um vegano de uma família Hare Krishna que mora perto do Câmpus 2 da Universidade Federal de Goiás, o Jaghanata (acho que é assim que se escreve) que é MARAVILHOSO, comida delícia e local muito aconchegante. Também é possível encontrar opções vegetarianas e veganas nos mais diversos estabelecimentos, como o Bistrogonofe, que tem estrogonofe de vegetais e de queijo, e é possível pedir a versão vegana de vegetais, feita com creme de leite de soja. Até hamburguerias já estão mais atentas, como a 14 Bis, que vende um hambúrguer muito bom de shitake (mas é servido com queijo e uma maionese, então não é vegano). Enfim, Goiânia também dá uma boa pauta e tem uma página no face, a Vegetarianos de Goiânia, que lista muitos desses lugares!

  12. O Curupira é sensacional! Obrigad@ pelas dicas, Ana Carolina. Vontade de conhecer Goiânia!

  13. E eu achando que em Vitória a coisa era feia pra vegetarianos. Mas estamos melhores que a maioria da lista

  14. Bem legal! Eu estou sempre buscando dicas de comida saudável. Ainda mais depois de fazer este curso e aprender a preparar pratos saudáveis https://www.aprendum.com.br/curso-online-de-culinaria-saudavel/. Aproveito para deixar como dica para quem está buscando um curso para aprender a cozinha comidas saudável. As aulas são ótimas, você pode assistir quando quiser, e o preço é muito bom. Abraço

  15. Juliana Carolina

    09/13/2015 at 6:12 pm

    Curitiba tem mais restaurantes do que os dois citados aí: Tem o Devai, o Garden, o Dom Veggie, o Sorella, e mais outras hamburguerias…

  16. Gente, Brasília já tem mais 2 restaurantes veganos, O Café Oyá, com a melhor coxinha de jaca do mundo e um delicioso acarajé, entre outras delícias. Tem tb o Vegan-se, q pra mim é o melhor almoço vegano da cidade e tb tem sobremesas incríveis. Tudo na mesma quadra 6/7 norte. Faz Bem e Vegan-se na 406 e 407 e Café Oyá na 307.

  17. E em Manaus, apenas um restaurante vegetariano… 🙁

  18. Alto Paraíso de Goiás tem muitas opções, logo mando para vocês as informações!!!

  19. falem de fortaleza

  20. O Rango Vegan em Salvador é fenomenal. Luciana, que administra o local é uma doçura de pessoa.

  21. Gente, em Fortaleza tb tem o Niladri: https://www.facebook.com/niladriveg/?fref=ts

  22. Faltou o Capão na Chapada Diamantina, uma vilarejo que consegue ter mais opções vegs que muitas capitais.

  23. Rango Vegan em Salvador é ?

  24. Pessoal, uma dica para o artigo ficar mais completo: listem quais são os restaurantes vegetarianos/veganos de cada local. Vocês disseram a quantidade, mas não disseram quais são! Esse artigo seria um ótimo guia e com certeza poderia atrair muito mais visitas.

    Beijos e parabéns pelo site lindo!

  25. Em poços de caldas cidade turistica de mg, tbm tem algumas opcoes de lugares que atendem, alem de lanchonetes existe o Gastrô restaurante e choperia

  26. Em Curitiba tem o Dom Veggie, com muitas opções veganas e algumas vegetarianas, que é simplesmente MARAVILHOSO!
    Impossível ficar sem repetir o prato!

  27. Nós fabricamos vários produtos veganos/vegetarianos, caso não conheçam segue nosso site.
    http://www.superbom.com.br

  28. VICTOR MONTEIRO

    11/21/2016 at 2:26 pm

    Salvador, agora tem o B-vegan!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.